terça-feira
17 de setembro de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
 
Grupo é detido desmatando área para construção de moradias irregulares
Local vinha sendo monitorado há alguns dias, após recebimento de denúncia
27/6/2019
 
Vinte pessoas foram detidas na manhã de quarta-feira (26), próximo ao Morro do Gato Preto, no Bairro Cidade da Criança, em Praia Grande, acusadas de desmatar uma área de zona de amortecimento do Parque Estadual Serra do Mar (Núcleo Itutinga Pilões). O local seria utilizado para a construção de moradias irregulares.

Após denúncias a respeito de uma movimentação suspeita no local, desde segunda-feira (24), a área vinha sendo monitorada pelas equipes da Guarda Ambiental, que integra a Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande. Na manhã de quarta, um homem que seria supostamente o grileiro e outras 19 pessoas foram flagrados pela Polícia Militar, que também já acompanhava o caso.

Equipes da GCM e da PM se dirigiram ao local e flagraram o grupo. De acordo com o inspetor da Guarda Ambiental, Fábio Rogério Marques, foi constatado ainda que uma área de 100 metros quadrados, identificada como vegetação pioneira, já estava desmatada. “Conforme apuramos no local, a intenção do grupo era lotear a área para construir moradias irregulares. Foram encontradas inclusive estacas para a demarcação do local”.

Marques explicou ainda que trata-se de infração ao artigo 48 da Lei de Crimes Ambientais, que determina pena de detenção de seis meses a um ano e multa a quem impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação. Foi apurado ainda que entre os acusados havia um procurado da Justiça e que o grupo era formado predominantemente por moradores de São Vicente.

Atividades – Em junho, o Sepam, que compreende os grupamentos de Guarda Ambiental e de Guarda Costeira, completou dez anos de atividades em Praia Grande.

O Grupamento Ambiental tem o objetivo de proteger o Meio Ambiente e preservar a fauna e a flora local, além de prevenir e reprimir ocupações clandestinas, auxiliando também as ações das secretarias de Urbanismo e de Meio Ambiente. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 199 e 153.




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias